Doseadores de produto a granel em processos contínuos

Muitos dos processos contínuos atuais mais sofisticados não funcionariam sem sistemas de doseamento de elevada precisão e fiabilidade.

Continuous feeding in a plastics extrusion processNum processo contínuo, todos os equipamentos que são necessários á operação da unidade, funcionam como um sistema único e são projetados para funcionar 24 horas por dia, 7 dias por semana, com paragem apenas em períodos de manutenção específicos. O aumento generalizado na utilização de equipamento no processo e o crescendo das economias de escala, associadas ao processamento contínuo, geram redução de custos e aumento da eficiência operacional.

Historicamente, muita da produção em grande volume, químicos, petroquímica, plásticos e produtos alimentares, foram produzidos utilizando processamento contínuo. Cada vez mais, os processos de elevado valor acrescentado, e menor volume de produção, como acontece, por exemplo na indústria farmacêutica, estão também agora, a tornar-se processos em contínuo.

Convertendo processos batch em processos em contínuo.

Pode fazer bastante sentido, do ponto de vista económico e da engenharia que responsáveis de processo convertam sistemas batch existentes em processos contínuos.

  • Uma maior produção com os equipamentos a funcionarem em contínuo em condições estáveis e comprovadas
  • Equipamentos mais pequenos e que ocupam menos espaço no processo produzem um maior volume relativamente a equipamentos batch substancialmente maiores.
  • Produto mais consistente e de melhor qualidade com a eliminação das variações características da execução batch.
  • Redução no consumo de energia pela eliminação da necessidade de, se verifiquem múltiplos ciclos de aquecimento e arrefecimento, correspondentes á realização sucessiva de ciclos de um batch.
  • Redução do consumo de matérias-primas e de produtos finais fora de especificação gerados pela natureza intermitente dos processos batch.
  • Redução da manipulação manual de matérias-primas e produtos acabados
  • Melhor contenção de poeiras e menor emissão de partículas para o ambiente, graças à natureza estanque da maioria dos processos contínuos
  • Poupança de tempo e custos pela eliminação de tarefas típicas de um processo batch, como por exemplo, a preparação e carga de matérias-primas para cada batch, amostragem e descarga do batch completo, controlo de inventário, limpeza de reatores, reservatórios e outros equipamentos do processo entre a realização de ciclos de batch consecutivos

Frequentemente, as instalações que mudam de um processo batch, para um processo em contínuo, passam a produzir numa questão de dias o mesmo volume de produto final que levavam a produzir em semanas ou meses.

Opções de doseadores para processos contínuos

Tanto os doseadores volumétricos como os doseadores gravimétricos podem ser utilizados para dispensar sólidos a granel num processo contínuo, dependendo da natureza dos produtos e das necessidades do processo.

Doseadores volumétricos para processos contínuos Os doseadores volumétricos são utilizados em processos contínuos, quando a densidade a granel do produto doseado é consistente ou quando a precisão do doseamento não é uma preocupação. São essencialmente dispositivos com controlo em loop aberto, cujo débito de descarga é em função da velocidade do doseador que se mantém constante sem qualquer tipo de correção automática em função da quantidade de produto realmente dispensado.

Uma vez que estes sistemas não podem destetar ou ajustar variações na densidade do produto a granel, a quantidade real de produto dispensada no processo (débito mássico), pode variar ao longo do tempo. Isso faz com que os doseadores volumétricos não sejam adequados para aplicações de processo contínuo que tenham requisitos de precisão rigorosos.

Doseadores gravimétricos para processos contínuosOs dois principais tipos de doseadores gravimétricos ou de pesagem são os doseadores por perda de peso e os doseadores de tela de pesagem. Graças à sua elevada reproditibilidade e capacidade de aquisição e documentação contínua do desempenho do doseador durante a sua operação, os doseadores gravimétricos são amplamente utilizados em centros CPI (Centre for Process Inovation).

Os sistemas de doseamento por pesagem proporcionam débitos de descarga precisos e alertam de imediato caso exista qualquer interrupção no fluxo do produto. Os dados em tempo real do doseamento gravimétrico permite um controlo em loop fechado, necessário para que seja possível um controlo mais sofisticado do processo. Tanto os dados em tempo real como os dados do histórico abrem uma janela para o processo com muita utilidade. Estes dados analíticos apoiam os esforços para a resolução de anomalias, permitem a análise estatística para efeitos de controlo e qualidade, e podem ajudar os operadores a tomar as medidas de correção adequadas para prevenir desvios na precisão ou problemas de qualidade a jusante do doseamento.