Os doseadores de tela de pesagem trabalham com produtos a granel frágeis a débitos de doseamento mais elevados

O doseador de tela de pesagem é um doseador gravimétrico relativamente simples e bastante fiável que proporciona doseamento com elevada precisão e uma monitorização eficiente do processo

Os doseadores de tela de pesagem podem ser usados como   dispositivos de doseamento, de batch ou de medição. A aplicação mais vulgar é para doseamento/pesagem num processo contínuo. Mediante a utilização do software de controlo apropriado, o doseador de tela de pesagem SWB Coperion K-Tron pode também ser usado para doseamento de produto num sistema batch.

Princípio da operação do doseador de tela de pesagem

Weigh belt feeder principle of operationNum doseador de tela de pesagem, o produto é dispensado em contínuo para uma tela de transporte, através de uma entrada regulável manualmente com uma válvula de guilhotina, ou de um pré-doseador automático. Um sensor de carga debaixo da tela mede continuamente o peso do produto ao longo de um comprimento definido da tela.

O controlador compara continuamente o peso atual com o objetivo de peso pretendido e automaticamente ajusta a velocidade do motor para aumentar ou diminuir a velocidade da tela de forma a manter um débito constante. Qualquer variação na densidade do produto reflete-se na carga exercida sobre a tela, a qual é compensada através do ajuste da velocidade da tela.

Os doseadores de tela de pesagem podem ser posicionados debaixo de um silo, tornando-os dispositivos de extração adequados para produtos alimentares, rações para animais, detergentes e pellets de plástico. A entrada ideal para o doseador de tela tem a possibilidade de ser ajustável na largura, para que o perfil (e, portanto, o volume) do produto que está a ser descarregado possa ser ajustado para satisfazer as necessidades da aplicação.

Para controlo de existências ou medição, o doseador de tela de pesagem SWB pode ser configurado para uma velocidade constante para medir ou a totalizar a quantidade de produto doseado num determinado processo.

The Smart Weigh Belt can be used as a feeder, batcher, or meterQuando se deve escolher um doseador de tela de pesagem em vez de um doseador de fuso por perda de peso:

  • Um preço relativamente mais baixo para doseamento de débitos mássicos mais elevadas.
  • Não é necessário qualquer dispositivo de reabastecimento.
  • A altura compacta permite facilmente a montagem em situações onde o espaço vertical é reduzido.

O doseador com tela de pesagem proporciona um processamento suave do produto, uma vantagem importante em comparação com outros dispositivos de doseamento, como por exemplo o doseador de fuso, no processamento de certos produtos:

  • Flocos (por exemplo, flocos de milho, flocos de farelo de trigo e flocos de trigo)
  • Sólidos a granel com grumos (por exemplo, vegetais e frutas)
  • Produtos sensíveis á fricção (por exemplo, flocos de milho, vegetais e frutas congeladas)
  • Sólidos a granel bastante abrasivos - devido ao baixo coeficiente de atrito aplicado aos produtos
  • Sólidos a granel com baixo ponto de fusão (por exemplo, flocos gordos)

 

Modelos de doseadores de tela de pesagem Coperion K-Tron para aplicações com débitos de gama média e gama baixa

Estão disponíveis dois tamanhos de doseadores de tela de pesagem SWB de gama média com largura de tela 300 mm e 600 mm, para medição ou doseamento gravimétrico, com ou sem blindagem. Uma opção de auto tara em contínuo reduz os tempos de paragem para calibração e manutenção.

Veja o vídeo: Doseador de tela de pesagem SWB: Montagem e desmontagem simplificada

Gamas de doseamento do SWB-300 / 600: 10 - 80.000 dm3 / h (0,4 - 2.800 ft3 / h)

Está disponível uma versão sem blindagem, com estrutura aberta (Open Frame - OF), para permitir a descarga diretamente para a tela. Esta característica também pode ser uma vantagem importante para os produtos frágeis, como por exemplo as batatas fritas, quando é necessário um acesso fácil ou para doseamento de produtos muito quentes ou frios.

Opção de auto tara em linha com um segundo sistema de pesagem

The Smart Weigh Belt conveyor frame is removable on a telescopic support structure from the stainless steel housingOs doseadores de tela de pesagem devem ser inspecionados e feitas operações de manutenção regularmente. Também devem ser limpos frequentemente, uma vez que o produto que fica preso no dispositivo de pesagem ou na tela pode impedir a realização conveniente do zero do sistema de pesagem ou causar problemas de desalinhamento da tela. O doseador de tela de pesagem SWB de gama média Coperion K-Tron é o primeiro doseador de tela de pesagem a proporcionar uma solução para a variação do valor de zero do sistema de pesagem, com a opção de auto tara em contínuo e em linha.

A opção com auto tara utiliza duas unidades de pesagem com transdutores de força Smart (Smart force transducers - SFT). O primeiro SFT mede o peso atual da tela antes de esta receber o produto, mas inclui o peso do produto que está agarrado à tela. O segundo SFT determina o peso bruto depois de receber o produto sobre a tela. O transportador compensa a diferença, e a regulação da velocidade da tela garante um doseamento com elevada precisão e estabilidade a longo prazo.

Mesmo o doseamento produtos pegajosos, obterá maior precisão e redução dos tempos de paragem para limpeza, manutenção, e calibração. A nova tecnologia com auto tara em linha, também proporciona um indicador automático de necessidade de limpeza e aumenta a gama de débito do doseador de tela de pesagem, permitindo que este doseie com precisão abaixo dos 25 kg/h (50 lb/h).

Estão disponíveis três tamanhos de doseadores de tela de pesagem SWB de gama alta com ou sem blindagem, para doseamento ou medição gravimétrica de gama alta.

Hi-rate weigh belt feederGamas de doseamento de SWB-650 / 800 / 1000: 2.000 - 120.000 dm3 / h (70 - 4.200 ft3 / h)

Todos os doseadores de tela de pesagem usam células de carga digitais em vez de células de carga analógicas com as seguintes vantagens:

  • Resolução elevada (1:4.000.000)
  • Imunidade ao ruído elétrico na transferência de dados
  • Microprocessador integrado na célula de carga para linearizar a saída de peso e compensar as flutuações de temperatura.
  • A calibração efetuada na fábrica
  • Eliminação de vibrações de baixa frequência, sem reduzir a resolução